login: senha:   
[ área restrita aos associados ]    Bem vindo  

ASSOCIADO EM FOCO

Anvisa aprova medicamento genérico do sofosbuvir, revolucionário contra a Hepatite C (12/06/2018)

Previsão é que chegue ao SUS a partir de julho 

A ANVISA, órgão responsável por aprovar os medicamentos no País, concedeu o registro do primeiro genérico do sofosbuvir no Brasil, remédio revolucionário contra a Hepatite C, desenvolvido pela indústria farmacêutica Blanver.  Em abril, a empresa também recebeu o registro para fabricar o genérico usado na prevenção da infecção pelo vírus HIV. 

“A Blanver busca investir no desenvolvimento de drogas que ajudem o paciente a ter mais qualidade de vida, a um custo acessível”, explica Sérgio Frangioni, CEO da companhia. 

O genérico do sofosbuvir deverá chegar ao mercado a um preço bastante inferior ao medicamento referência.  A expectativa é que seja possível tratar pelo menos o dobro de pacientes, utilizando os mesmos recursos investidos pelo governo atualmente. A redução de valores será possível devido a um projeto desenvolvido pelo consórcio BMK, que, além da Blanver, é formado pela Microbiológica Química e Farmacêutica e KB Consultoria, em um acordo de cooperação técnico-científica com a Fiocruz. 

O genérico está previsto para ser distribuído pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a partir de julho, por meio de uma Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP) já aprovada. A Blanver irá transferir a tecnologia e o conhecimento para a produção do remédio ao Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos), braço da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz). 

Atuação do medicamento 

O sofosbuvir, quando combinado com outras drogas, eleva as taxas de cura da Hepatite C para mais de 90%, além de reduzir o tempo de tratamento e poupar os pacientes de intensos efeitos colaterais causados pelos remédios comumente usados. 

De acordo com dados do Ministério da Saúde, com apoio do Polaris Observatory e por meio de parceria com a Organização Panamericana de Saúde (Opas), o Brasil tem hoje 657 mil pacientes com hepatite C precisando de tratamento. 

Além disso, dados do Boletim Epidemiológico - Hepatites Virais 2017, também do Ministério, revelam que os óbitos pela doença representam atualmente a maior causa de morte entre as hepatites virais no Brasil.  O genérico, por sua vez, irá atender 95% dos pacientes infectados pela doença no País. 

“O diagnóstico prematuro, junto com a produção nacional e o custo decrescente do medicamento, permitirão diminuir sensivelmente a incidência de quadros graves e óbitos relacionados a Hepatite C no Brasil, assim como fornecer suporte à um programa de erradicação da doença”, conclui Sérgio Frangioni. 

MINI-BULA

400 mg sofosbuvir

Blanver Farmoquímica e Farmacêutica S.A.