Inscrições estarão abertas de 14 a 24 de fevereiro
 
A partir dessa terça-feira, dia 14 de fevereiro, estarão abertas as inscrições para o Workshop de Validação de Métodos Analíticos. Organizado pelo Instituto Vital Brazil, o Workshop é gratuito e acontecerá nos dias 7 e 8 de março, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Niterói. Os interessados poderão se inscrever até o dia 24 de fevereiro pelo site do Instituto Vital Brazil (
www.vitalbrazil.rj.gov.br).
 
O Workshop é voltado para farmacêuticos, profissionais de universidades, da indústria de medicamentos, alimentos, farmoquímicas, entre outros. Entre os assuntos que serão discutidos estão a história da validação, com base na evolução das normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) até a publicação da RE 899; a validação de métodos físico-químicos e de métodos microbiológicos; e a estatística aplicada à validação.
 
Mais informações podem ser obtidas no site do Vital Brazil ou pelo 0800 022 1036.
 
Programação do Workshop de Validação de Métodos Analíticos:
 
7 de março
8 h Abertura
8h30 Café da manhã
9h às 10h Histórico de Validação: evolução das normas da Anvisa até publicação da RE 899.
                  Palestrante: Valéria Yugue
10h às 12h Validação Métodos de Físico-químicos
                    Palestrante: Valéria Yugue
12h às 12h30 Discussões
12h30 às 14h Almoço
14h às 16h Substâncias relacionadas
                    Palestrante: Valéria Yugue
 
8 de março
9h às 10h30 Validação de Métodos Microbiológicos (incluindo a importância do controle de cepas)
                     Palestrante: Miriam de Faria Lemos
10h30 às 12h Validação do Sistema de água – no contexto microbiológico
                       Palestrante: Miriam de Faria Lemos
12h às 12h30 Discussões
12h30 às 14h Almoço
14h às 16h Estatística Aplicada à validação
                   Palestrante: Manoel Antonio da Fonseca Costa Filho
16h às 17h Discussão Final

Anterior

Política especial para nanotecnologia vai estimular aplicação da pesquisa na indústria

Próxima

Tecnologias, gestão e qualificação do agricultor são os diferenciais para o potencial do Brasil

Tecnologias, gestão e qualificação do agricultor são os diferenciais para o potencial do Brasil