Bem vindo  

ACONTECE NA ABIFINA

ABIFINA participa do 12º Enifarmed (05/12/2018)

A 12ª edição do Encontro Nacional de Inovação em Fármacos e Medicamentos (Enifarmed) se dedicou a discutir temas relevantes para os setores farmoquímico e farmacêutico, em 26 e 27 de novembro, no Rio de Janeiro. Organizado pela Protec e IPD-Farma, o evento teve a participação do presidente-executivo da ABIFINA, Antonio Bezerra. A analista técnica Fernanda Costa e a consultora técnica da entidade, Ana Claudia Oliveira, também representaram a ABIFINA.

Internacionalização e o comércio exterior de fármacos e medicamentos foi o tema moderado por Mirian Ferraz, do ProInter/Sebrae RJ, e debatido pela ABIFINA com representantes da iniciativa Business France, da Firjan Internacional, da associada Eurofarma e da ABIFINA. 

Na ocasião, João Pedro Neves, gerente de novos negócios Eurofarma, apresentou o projeto de internacionalização da empresa para a América Latina, África e Ásia, além dos principais entraves regulatórios para acesso aos mercados. Já Alexandre Barral abordou o tema de investimentos na França e Pedro Spadale, da Firjan, falou sobre a balança comercial deficitária do setor tanto no Brasil quanto no Rio de Janeiro, especificamente. 

O presidente-executivo da ABIFINA contribuiu para a discussão levantando questões como a inserção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no Conselho Internacional sobre Harmonização de Requisitos Técnicos em Produtos Farmacêuticos para Uso Humano (ICH, na sigla em inglês) e a implantação do Documento Técnico Comum (CTD, na sigla em inglês) na submissão do dossiê de IFAs e do medicamento. Ele falou ainda sobre a inserção do Brasil na PIC/S, sobre o reconhecimento das inspeções de Boas Práticas de Fabricação (BPF) realizadas pela Anvisa e a discussão a respeito do novo marco regulatório de qualificação dos DMFs (Drug Master File) de IFAs.

Por sua vez, o debate sobre fitoterápicos contou com Carlos Eduardo Victor e Maria Behrens, que representaram, respectivamente, os associados Aché e Farmanguinhos. Eles trocaram ideias com João Calixto, diretor do Centro de Inovação e Ensaios Pré-Clínicos (CIENP), e Luis Carlos Marques, da Fitoscience.