Bem vindo  

ACONTECE NA ABIFINA

ABIFINA busca solução para atraso nas licenças de importação (02/05/2018)

A ABIFINA realizou um levantamento entre as empresas associadas que apontou aumento na demora para a liberação de licenças de importação de produtos farmacêuticos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O tempo médio para a emissão do documento passou de 10 para 32 dias em março, após a adoção de mudanças operacionais pela agência. Hoje há mais de 100 processos aguardando resposta (atualmente está em apenas 20). 

Para tratar da questão, o vice-presidente Farmoquímico da ABIFINA, Régis Barbieri, a analista Fernanda Costa e os associados Nortec, Libbs e EMS estiveram na sede da Anvisa, em Brasília, no dia 2 de maio. Foi informado que, devido a uma falha no sistema interno da Anvisa, é possível que processos submetidos entre final de fevereiro e março tenham sido perdidos ou não recebidos, ou ainda que estejam acumulados no servidor de dados.  

A Anvisa realizará ações administrativas para sanar essas situações e, para auxiliar a agência, a ABIFINA enviará todos os processos atrasados em mais de 20 dias.