login: senha:   
[ área restrita aos associados ]    Bem vindo  

ASSOCIADO EM FOCO

MG: Ourofino Agrociência e Finep firmam parceria de R$ 60 milhões (15/05/2017)

Uberaba/MG

Nesta terça-feira (25), a Ourofino Agrociência e a Finep assinaram contrato para financiamento de R$ 60 milhões. O montante será investido em desenvolvimento de novos produtos para a agricultura nacional, melhoria das formulações já existentes e também na implementação da planta industrial de WDG (Grânulos Dispersíveis).

Norival Bonamichi e Jardel Massari, presidente e vice-presidente da Ourofino Agrociência, respectivamente, e Victor Odorcyk, diretor de Inovação da Finep, firmaram parceria para o biênio 2017/2018, com 70% do valor custeado pela Financiadora.

“O atual objetivo da Ourofino Agrociência é oferecer formulações personalizadas para a agricultura dos trópicos. O Brasil é um país diferenciado em clima, solo e umidade e, por isso, os produtores precisam de soluções que correspondam a essas necessidades. Ou seja, um cenário diferente do que é encomendado pelo mercado internacional”, ressalta Luciano Galera, Diretor de Marketing, Pesquisa e Desenvolvimento da empresa.

Com inauguração prevista para julho, a planta de Grânulos Dispersíveis (WDG) para herbicidas utilizará cerca de R$ 12 milhões do financiamento. A tecnologia aplicada é a mais moderna e eficiente no mercado de defensivos agrícolas e proporciona ganhos no processo de formulação e na redução da exposição operacional na manipulação do produto, bem como visa a não poluição do meio ambiente.

“Oferecemos soluções muito mais eficientes porque incrementamos e consolidamos esse processo com uma rede de colaboradores e pesquisadores, além de contarmos com parcerias como da Finep, a fim de oferecer uma linha diferenciada de produtos e, assim, auxiliar o trabalho dos produtores brasileiros”, diz Norival Bonamichi, presidente da Ourofino Agrociência.

Para Victor Odorcyk, diretor de Inovação da Finep, o foco é o ineditismo das futuras ofertas. “A Ourofino é fundamental para conquistar e incrementar esse segmento no Brasil. A empresa representa os novos e grandes desafios brasileiros que precisaremos superar no futuro para competir mundialmente. A parceria testemunhará e comprovará essa evolução. Não queremos parar por aqui, o objetivo é buscar sempre novos desafios, e juntos”.

O financiamento reitera o compromisso da Ourofino Agrociência de investir constantemente na agricultura brasileira, visando o aumento da produtividade no campo. Responsável pelo reaquecimento da economia nacional, o agronegócio demonstra alto desempenho para abastecer o mercado interno, exportar e mobilizar o segmento de insumos e tecnologias ligadas à agricultura.

Marcelo Abdo, diretor Financeiro e Administrativo da Ourofino Agrociência, destaca que investir em pesquisas e desenvolvimento é um compromisso da empresa e requer bons parceiros. “Temos essa prática para promover novos estudos e aprimorar a industrialização dos produtos. É importante contarmos com o apoio de instituições como a Finep. O financiamento subsidiará nossos projetos de inovações, pesquisas e também a concepção de formulações cada vez mais eficientes”.

Atualmente, a Ourofino Agrociência possui 28 produtos em comercialização, entre herbicidas, fungicidas e inseticidas. Para 2017, mais dez formulações inovadoras estão previstas, além de parcerias tecnológicas e diferenciadas para a agricultura brasileira.

Sobre a Ourofino Agrociência
A Ourofino Agrociência é uma empresa brasileira, fabricante de defensivos agrícolas. Sua fábrica, considerada um das mais modernas do mundo no segmento, está localizada em Uberaba, no Triângulo Mineiro, e possui capacidade de produção de 120 milhões de litros por ano. São mais de 50 mil m² de área construída, com equipamentos modernos e ambiente automatizado.

Sobre a Finep
Vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Mctic), a Finep é a principal agência de fomento à inovação do Brasil. Há quase 50 anos, promove o desenvolvimento econômico e social do país por meio do apoio público à ciência, tecnologia e inovação em empresas, universidades e institutos tecnológicos, em todas as etapas de desenvolvimento: pesquisa básica, pesquisa aplicada, inovação e criação de novos produtos, serviços e processos.

Fonte: Ourofino Agrociência

Matéria no site original